Portaria 373 do MTE possibilita sistemas alternativos de marcação de ponto nas empresas

Agora ficou mais fácil realizar o controle da jornada de trabalho da sua equipe na empresa de forma automática e autorizada pela legislação.
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O registro de ponto é um processo importante quando falamos sobre controle e gestão da jornada de trabalho nas empresas, ocorre que muitas outras situações de gestão de pessoas podem derivar de problemas no controle de registro de ponto. Desde 2011 a portaria 373 do MTE possibilita o controle da jornada de trabalho através de sistemas alternativos.

 Ainda pouco conhecida e divulgada a portaria 373 do MTE permite que as empresas contratem sistemas para a gestão da jornada de trabalho sem utilizar hardwares antigos e defasados como os relógios de pontos que ainda são muito caros, e sem precisar recorrer a folha de ponto manual que é totalmente improdutiva e insegura.

Os sistemas alternativos de ponto eletrônico estão em meio ao surgimento de diversas ferramentas tecnológicas que estão ajudando a revolucionar diversas áreas de negócios dentro de organizações de todos os tamanhos, ainda existe muita dúvida e são poucas as informações sobre o tema, porém a legalidade e segurança jurídica estão garantidas graças a Portaria 373 do MTE, que permitiu uma melhor alternativa para às empresas.

Ainda com dúvidas sobre a portaria 373:
Confira na integra toda a portaria em nosso artigo

Essa portaria possibilitou uma nova dinâmica ao RH e donos das empresas que é muito mais aderente aos desafios e mudanças que uma empresa vive nos dias de hoje, pois finalmente foi possível automatizar e levar para a era digital a marcação de ponto e gestão da jornada de trabalho dos colaboradores.

Com apenas um celular ou um tablete e um sistema no computador, o ponto pode ficar mais preciso, fácil e com redução de erros e fraudes, é possível por exemplo, fazer cálculos automáticos de horas extras configurar banco de horas, emitir relatórios de espelho de ponto, tudo com geolocalização e reconhecimento facial de cada colaborador em cada batida de ponto e ainda integrar com sistemas contábeis e de  folha.

Tela do sistema QRPOINT, aderente a portaria 373

Veja 05 diferenciais dos sistemas alternativos em relação aos REP’s:

  • Mobilidade: Relógios de ponto não saem da parede, com sistemas alternativos como o QRPOINT o registro de ponto estará onde o trabalho ocorrer;
  • Digital: Os REP’s são eletrônicos, um hardware que precisa de um software para ter utilidade, com o QRPOINT é tudo digital do início ao fim;
  • Multi plataformas: Com o QRPOINT são várias formas de registrar o ponto, por celular, tablete, computador, ponto off-line, acesso rápido e pelo nosso site.
  • Custo: Para uma empresa de 20 colaboradores o custo do REP sai em média R$ 10,90 por mês por colaborador com o QRPOINT o custo é de apenas R$5,90 por mês por colaborador;
  • Mais simples: simplicidade e agilidade são aliados dos donos de empresas e dos gestores de RH é fácil começar a usar o QRPOINT e ainda tem teste grátis de 10 dias, não precisa cotar relógios de ponto, comprar bobina todo mês e se preocupar com manutenção do aparelho.

O conjunto de novas leis trabalhistas, juntamente com a portaria 373 do MTE trouxeram uma grande oportunidade de modernização e melhorias de processo de controle e gestão das empresas no Brasil, o QRPOINT acredita que as pessoas são a essência de qualquer negócio, por isso trabalhamos para que o RH e os donos das empresas não precisem se preocupar com processo de controle de jornada e possam focar em cuidar das pessoas para que elas sejam incríveis dentro de suas organizações.

Eduardo Fiuza Lobo – CEO QRPOINT

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!