O que é controle de ponto britânico?

Descubra o que é o controle de ponto britânico e como realizar essa gestão de horas trabalhadas com seus colaboradores neste artigo.
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O controle de ponto britânico é uma forma de registrar a jornada de trabalho das pessoas empregadas em uma empresa. A prática serve para monitorar os horários de cada funcionário, desde sua entrada até a saída, passando pelas pausas e intervalos.

Desde 2011 o Ministério do Trabalho possibilita controlar a jornada de trabalho através de modelos alternativos de registro dessa informação. A Portaria número 373, de 25 de fevereiro de 2011, permite a contratação de sistemas sem que seja necessário utilizar, para tanto, métodos antigos, como relógios ou folhas de ponto. 

Existem, hoje, vários meios de fazer o levantamento desses dados, que são de suma importância para empresa e colaboradores. Um deles é o já citado famoso controle de ponto britânico, que delimita o cumprimento efetivo dos horários estabelecidos pelos gestores.

O recurso de controle de ponto britânico é considerado crucial para manter a empresa dentro das exigências legais de jornada de trabalho, além de organizar os dados que são utilizados pelo setor de RH. O propósito de sua utilização é assegurar empregados e empregadores de que os horários acordados em contrato estão sendo cumpridos. 

O que é e como funciona o controle de ponto britânico?

O controle de ponto britânico possui uma marcação fixa. Através dele, o registro da jornada de trabalho se inicia todos os dias no mesmo horário, sem variações.

Para não se esquecer de como ele funciona, basta se lembrar da tão famosa "pontualidade britânica". O efeito, afinal, é o mesmo: manter o início dos registros de forma pontual, para que o controle, por parte do RH, esteja cada vez mais organizado. 

Assim, o objetivo do controle de ponto britânico, que marca até mesmo os minutos e segundos, é garantir o registro verdadeiro dos horários cumpridos por cada funcionário. 

Para evitar multas administrativas, ou o pagamento de horas extras, é recomendado utilizar um modelo de controle de ponto para o registro de trabalho dos colaboradores. O britânico é uma das opções.

Vantagens e desvantagens do controle de ponto britânico 

Como ocorre em todas as demais escolhas administrativas, a opção pelo registro do controle de ponto britânico também tem vantagens e desvantagens. O ideal é fazer uma lista de prós e contras para entender quais são os benefícios desse sistema para a sua organização. 

As principais vantagens são: 

  • gestão precisa de ponto;
  • avaliação der os atrasos, faltas e as horas extras;
  • diminuição das falhas operacionais e problemas na folha de pagamento, evitando pagamentos incorretos; 
  • impedir processos trabalhistas, já que ter conhecimento das horas trabalhadas poupa a empresa de acusações futuras. 

Em contrapartida, é essencial levar em consideração as desvantagens caso o controle de ponto britânico seja ineficaz. Alguns exemplos são os riscos fiscais, devido às horas extras indevidas, e a invalidação dos registros, conforme define o Tribunal Superior do Trabalho. 

Segundo a Súmula 338, III, do TST,  

III – Os cartões de ponto que demonstram horários de entrada e saída uniformes são inválidos como meio de prova, invertendo-se o ônus da prova, relativo às horas extras, que passa a ser do empregador, prevalecendo a jornada da inicial se dele não se desincumbir. 

Portanto, é fundamental que o setor de RH seja envolvido na tomada de decisão sobre o controle de ponto a ser utilizado pela empresa. Afinal, um pequeno erro de escolha pode criar obstáculos administrativos e até sanções legais. 

A legislação brasileira permite esse controle?  

Sim, ela permite. 

Mas é preciso entender os custos dessa alternativa para a empresa. 

Uma solução para a redução de custos é o controle via aplicativo. Ele funciona de forma análoga ao controle de ponto britânico, mas traz a vantagem de ser online e, portanto, dispensar a necessidade de centros físicos de registro. 

Com o controle de ponto digital a empresa pode, inclusive, fazer o acompanhamento de colaboradores em regime de home office, viagens ou outras situações em que estejam fora do local de trabalho. 

Com o QRPOINT, o valor do plano de registro online é de R$6,90, por pessoa, para empresas que contam com até 10 funcionários. Esse valor diminui de acordo com o aumento do número de colaboradores. 

O melhor recurso, a longo prazo, é o controle 4.0, pois depende apenas de celulares que permitem a visualização das informações. Esse registro também salva os dados em mais de um servidor, além de apresentar um programa seguro, de fácil acesso e uso.  

Concluindo, uma empresa pode ter o registro de ponto britânico online, com informações salvas em nuvem, através de um dispositivo aprovado pelos órgãos regulamentadores das relações de trabalho.

A tecnologia voltada ao RH pode reduzir custos e melhorar as operações da empresa. Para entender como essa solução se encaixa na sua empresa, converse com um especialista da QRPOINT e tire todas as suas dúvidas sobre o controle de ponto online.

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!