A importância da gestão de pessoas por meio dos perfis comportamentais

A gestão de pessoas com base no perfil comportamental dos colaboradores é uma tendência do RH moderno. Saiba mais neste artigo.
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

A gestão de pessoas com base no perfil comportamental dos colaboradores é uma tendência do RH moderno. Isso porque, aquela cultura de que os indivíduos são apenas recursos produtivos nas empresas provou, ao longo dos tempos, ser ineficaz, por não valorizar o profissional como pessoa. 

Hoje, as organizações que alcançam os melhores resultados enxergam os profissionais como parceiros que são portadores de habilidades, capacidades, conhecimentos, além de serem a chave do desenvolvimento do negócio.

Ainda, mesmo que as habilidades sejam essenciais para que o profissional tenha um bom desempenho no time, nenhuma delas é capaz de substituir a vivência cultural, estrutura familiar e psicológica de uma pessoa. 

No entanto, para uma gestão de pessoas eficaz, é fundamental realizar um estudo do que é perfil comportamental e, ainda, saber identificar o perfil de cada colaborador para colocá-lo na execução das atividades que combinam com suas habilidades. 

Então, ficou interessado em saber mais sobre a importância da gestão por meio dos perfis comportamentais? Continue a leitura!

O que é e quais são os perfis comportamentais? 

Quando uma organização deseja seguir a gestão por competências, o primeiro passo é entender o que é quais são os perfis comportamentais. 

Historicamente, classificar as pessoas de acordo com perfis é uma teoria desenvolvida na década de 1920, pelo psicólogo William Moulton Marston, que recebeu o nome de metodologia DISC. Já em 1950, esse método foi aprimorado pelos estudiosos Maslow e Herzberg, surgindo, assim, o conceito de gestão comportamental. 

Mas mesmo tantos anos depois, esses estudos continuam atuais e servem como base para diversos softwares de gestão de pessoas que estão disponíveis no mercado corporativo. 

Logo, podemos dizer que o perfil comportamental se trata de uma importante ferramenta de gestão de pessoas para que a empresa consiga identificar as competências relacionadas às atitudes dos indivíduos. Ainda, é possível mapear suas habilidades e como cada uma delas reage diante das mais diferentes situações.

A partir da metodologia DISC, os indivíduos podem contar com os perfis que veremos a seguir.

Comunicador

Como o próprio nome diz, pessoas com o perfil comunicador adoram conversar, têm carisma, são extrovertidos, funcionais e se adaptam às mais diversas situações com agilidade. 

Além disso, o comunicador gosta de sempre estar rodeado de pessoas, por isso, faz amizades com facilidade e tende a trabalhar melhor em equipe. 

Executor

Os executores são indivíduos autoconfiantes, gostam de dominar as situações e, em alguns casos, podem até se mostrar autoritários por não hesitar em defender suas opiniões e pontos de vista.

Os principais pontos positivos das pessoas executoras é que elas assumem riscos sem pensar duas vezes por adorarem desafios. Logo, são consideradas líderes natos.

Planejador

Já os planejadores são pessoas calmas, prudentes, por isso, trabalham bem sob pressão, apesar de não serem boas em improvisar soluções. Assim, pelo fato de serem mais conservadoras e não se importarem com rotinas, são profissionais ideais para ocupar cargos administrativos, por exemplo. 

Analista

Já os analistas são pessoas criativas e ótimas solucionadoras de problemas. Mas costumam ser altamente detalhistas na execução das suas tarefas, o que faz com que sejam muito rígidas consigo mesmas. 

Além disso, pessoas com esse perfil são organizadas, discretas e se adaptam com facilidade a rotinas repetitivas e ao trabalho em home office.

Por que a análise do comportamento é importante na gestão de pessoas?

Após mapear o perfil comportamental dos colaboradores com o auxílio de um software de gestão, é possível entender quais as forças e fraquezas de cada um deles. 

Assim, o RH pode separá-los em grupos e criar ações e estratégias de desenvolvimento de acordo com suas características comportamentais, deixando-os mais motivados e engajados com o seu papel no time, melhorando a cultura e o clima organizacional

Além disso, a análise do comportamento contribui para outras melhorias dentro do ambiente organizacional. Confira!

Processo seletivo eficiente

Ao mapear e analisar o perfil comportamental do candidato, com o auxílio de um software com inteligência de dados, o RH conseguirá contratar alguém que realmente combine com os valores e com a cultura da empresa. 

Ainda, por meio dos dados obtidos no mapeamento comportamental, é possível identificar se o candidato conta com as habilidades técnicas e comportamentais que o cargo exige. 

Retenção de Talentos

A base da gestão de pessoas é que não basta somente contratar bons profissionais, é preciso colocá-los no lugar certo. Logo, o “match” ideal entre empresa e profissional aumenta a motivação e o engajamento, diminuindo o turnover.

Afinal, quando uma equipe conta com pessoas de diversos perfis, mas todos com os mesmo objetivos — o resultado será um time de alta performance e um ambiente organizacional estimulante de se trabalhar. Assim, independente do perfil comportamental, nenhum colaborador vai querer abandonar a empresa.

Melhoria do clima organizacional  

Com os dados da análise comportamental dos colaboradores em mãos, é possível ter um conhecimento mais profundo sobre eles. Assim, consegue-se  estimular o time com decisões mais assertivas, direcionando, por exemplo, treinamentos e cursos que contribuam para o desenvolvimento de acordo com aptidões que precisam ser melhoradas. 

Dessa forma, a produtividade aumentará e os resultados individuais contribuirão de forma positiva para o objetivo principal do negócio. Outro modo também de contribuir para melhoria do clima organizacional é aprimorar as relações interpessoais. 

Assim, por meio do mapeamento do perfil comportamental, é possível identificar quem tem dificuldade em trabalhar em equipe. Logo, pela análise, cria-se criar ações e estratégias assertivas para que essas pessoas desenvolvam essa habilidade.

Aplicar o perfil comportamental no time permite que o RH realize uma gestão de pessoas mais estratégica, eficaz e otimizada com o auxílio da tecnologia aplicada ao setor. Além disso, uma boa gestão de pessoas mostra ao seu capital humano que ele é o que existe de mais valioso na organização, promovendo o bem-estar dos colaboradores, que não medirão esforços para crescer junto com o negócio. 

Então, se quer entender melhor sobre a gestão comportamental na prática, não deixe de se capacitar realizando o curso gratuito que a Sólides preparou para você!

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!