Colaboradores saindo da empresa: como lidar com o turnover

Um dos maiores desafios para negócios que querem reter talentos é lidar com colaboradores saindo da empresa. Descubra como lidar com turnover negativo aqui.
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

A partir do momento em que a sua organização está inserida em um meio empresarial, ela está propícia a lidar com colaboradores deixando a instituição a qualquer momento. Esse fenômeno, também conhecido como turnover, diz respeito à rotatividade de pessoas em uma organização, fazendo, assim, a comparação do número de funcionários que são contratados e deixam a empresa em um intervalo de tempo específico. 

Nesse caso, existem os dois lados da moeda: a diferença entre a rotatividade saudável de funcionários da empresa e o turnover negativo. 

A alternância sadia de funcionários acontece de forma natural, como o encerramento de um ciclo experimental. E, na maioria das vezes, quando já se tem um novo funcionário para preencher o cargo, a saída do anterior não gera grandes prejuízos para a empresa. 

Por outro lado, quando falamos do turnover negativo, estamos tratando da perda de bons funcionários. Isso se dá devido a diversos motivos, tais como remuneração insatisfatória, condições de trabalho inadequadas, falha no treinamento, dificuldades de convivência e, até mesmo, desvalorização do trabalho. 

Além disso, o turnover negativo também faz com que a empresa perca dinheiro. Afinal, a partir do momento em que você perde um colaborador, consequentemente um novo deve substituí-lo. Isso faz com que a empresa arque com todo o processo seletivo e de contratação. 

Porém, indo ainda mais longe nos problemas causados por colaboradores saindo da empresa, a organização corre o risco de perder capacidade competitiva. Ao não reter talentos, e pela falta de profissionais motivados e qualificados, uma equipe desfalcada pode ser o pesadelo de muitos gestores.  No entanto, é possível lidar com o turnover de maneira eficiente, a partir dos procedimentos corretos.

Um bom ambiente de trabalho retém colaboradores saindo da empresa?

Assim como em qualquer outro contexto, estar inserido em um ambiente de trabalho confortável ajuda muito na produtividade e permanência dos colaboradores. E, por ambiente de trabalho confortável, nós estamos falando tanto da ambientação do espaço quanto da qualidade do relacionamento entre todas as pessoas na empresa. 

O ideal para manter um ambiente agradável e propício à permanência dos funcionários, principalmente os mais talentosos, consiste em fazer as melhores adaptações para a boa convivência entre colegas. 

Uma alternativa é o desenvolvimento do hábito de dar feedbacks. A partir do momento em que o funcionário recebe um feedback - positivo ou não -, ele tem a sensação de reconhecimento profissional. Consequentemente, isso gera nele uma vontade de progredir cada vez mais dentro da empresa. 

Outra opção eficiente é estabelecer um plano de carreira viável, juntamente com o colaborador. Assim, serão levados em consideração os interesses de crescimento profissional da empresa e do colaborador - e, também, como a ascensão na carreira pode dar a ambas as partes mais qualidade de vida. 

Também é possível estudar alguns benefícios para o contratado - não necessariamente salarial, já que o principal fator de permanência do colaborador na empresa pode não estar relacionado ao dinheiro. Portanto, procure oferecer atividades que trabalhem o bem-estar fora do ambiente de trabalho - como caminhadas, programas culturais e confraternizações para que haja o momento da convivência e comunicação fora do local de serviço.

Perceba: sua função não é fazer com que os colaboradores se tornem amigos para a vida toda; ela é, tão somente, fazer com que eles se sintam bem, durante o trabalho, em suas diferenças. Quem cria um ambiente propício pode reter mais talentos pelo simples fato de que, para muita gente, esse é o lugar onde se investe ⅓ de cada dia. 

A partir das alterações sugeridas anteriormente é possível fazer com que o ambiente de trabalho se torne muito mais agradável para todos.   

Vale a pena tentar recuperar bons funcionários que deixaram a empresa?

Se a sua empresa estiver disposta e tem condições de fazer as mudanças necessárias, a resposta é: sim! 

Levando em consideração todo o processo contratual, às vezes é viável fazer as adaptações que podem garantir - ou, pelo menos, tentar - a permanência de bons funcionários na organização.

Assim, a  empresa não tem que lidar com processos exaustivos e custosos, como o de demissão, contratação e treinamento - que demandam tempo, dinheiro e energia - todas as vezes em que um colaborador pedir as contas. 

Diminuir o turnover dentro da sua organização não é tarefa impossível, mas exige certo esforço de gestão. E nós, da QRPOINT, estamos aqui para ajudar e fazer com que esse processo seja o menos desgastante possível. 

Caso queira saber mais sobre como administrar melhor os assuntos de RH da sua empresa, acesse o nosso e-book de dicas para não perder dinheiro na área de recursos humanos. E, se precisar de alguma ajuda, entre em contato com a gente!

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!