Cargos e Salários: quais os impactos desse projeto para as organizações

Aprenda como desenvolver um plano de cargos e salários de maneira tal que possa estruturar sua empresa para reter talentos e manter o financeiro estável.
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Investir na elaboração ou na revisão do Plano de Cargos e Salários é importante para garantir a saúde financeira da organização, reduzir o risco de problemas trabalhistas e manter um relacionamento transparente com os colaboradores. Conheça as etapas que compõem um PCCS realmente funcional.

A transparência dentro da empresa é advinda de um conjunto de ações que fortalecem a confiança das pessoas na organização e, por essa razão, muitos dos processos envolvem a implantação de um Plano de Cargos e Salários. Mas manter um relacionamento transparente com os colaboradores não significa ter de abrir os valores dos salários pagos: a premissa do PCCS (nome comumente dado para esse projeto) é garantir remuneração justa tanto para a empresa quanto para os colaboradores, mantendo o equilíbrio interno e externo (mercado). Isso é qualidade de empresas íntegras, corretas e transparentes.

Embora o Cargos e Salários seja normalmente encabeçado pela associação do RH com o DP, o projeto movimenta profissionais de todas as áreas e, claro, causa impactos em toda a organização. Especialmente em momentos de incertezas e indefinições – como os vividos em períodos de crise e recessão –, este projeto tem papel importante como braço direito dos executivos, pois promove agilidade na tomada de decisões e de forma assertiva.

É possível implantar este projeto com recursos internos, por meio de um comitê formado por membros das equipes de RH, DP e da própria área Administrativa. Mas atenção: essa é uma tarefa que exige amplo conhecimento da matéria e, assim, os profissionais precisam possuir, no mínimo, uma especialização e as ferramentas ideais (tais como planilhas) para elaborar ou administrar adequadamente o PCCS da empresa.

Assim sendo, treinamentos que capacitam os profissionais em cargos, carreiras e salários são uma excelente alternativa para aperfeiçoamento ou atualização no tema, com um investimento mais acessível. Entretanto, contar com uma consultoria especializada é um caminho que também precisa ser levado em consideração. Com uma consultoria, o projeto é conduzido por profissionais especialistas e experientes, com conhecimento adquirido também em virtude de outras implantações, muita prática e propostas inovadoras para problemas de difícil solução.

QUAIS SÃO AS ETAPAS DO PROJETO DE CARGOS E SALÁRIOS

A ordem de execução das etapas pode sofrer pequena variação e algumas podem até mesmo ser suprimidas de acordo com a estratégia da empresa ou ações já conduzidas anteriormente. Entretanto, abaixo são apresentadas as fases que compõem o cargos e salários realmente funcional, para ser administrado internamente e, mais do que isso, com pleno atendimento às premissas de justiça, transparência e meritocracia necessária para um projeto como esse. 

Etapas:

  • Elaboração ou revisão das Descrições de Função: identificação das atividades, atribuições e responsabilidades, serve como matéria-prima para todo o projeto e demais subsistemas de RH;
  • Avaliação de Cargos/Funções: pontuação dos cargos por meio da análise da complexidade e das responsabilidades;
  • Aplicação da Pesquisa de Remuneração e Benefícios: análise do mercado com relação à remuneração e aos benefícios pagos para as mesmas funções;
  • Elaboração da Tabela Salarial: instrumento que ranqueia as funções, define os níveis de progressão e fornece os insumos para a tomada de decisão;
  • Desenvolvimento da Política de Administração do PCCS: concentra todas as regras do Plano, alinhada com a estratégia organizacional;
  • Simulação de Enquadramento: levantamento do Impacto Financeiro de acordo com a nova Tabela Salarial para o momento da efetiva implantação;
  • Assessoria na Implantação do projeto: orientação sobre o novo PCCS para os gestores, regras de promoção e progressão.

Etapa importante, mas opcional, é o mapa ou plano de carreiras, válido para que os colaboradores consigam entender as possibilidades existentes na organização e quais as perspectivas de desenvolvimento. É um aspecto importante de atração de talentos e redução de turn over.

QUAIS PROBLEMAS O PCCS RESOLVE

Muitos. Inclusive os problemas trabalhistas e sindicais. As tais “comparações internas” que causam rumores nos corredores e impacto negativo no clima organizacional são reduzidas, afinal, com o estabelecimento do ranking das funções e a política de PCCS, ficam claros os motivos dos maiores e menores salários. 

O cargos e salários estruturado e documentado fortalece os gestores frente às equipes, pois esses profissionais foram orientados quanto às novas regras e têm condições de esclarecer dúvidas salariais mais rapidamente.

A empresa também consegue mapear os motivos de estar perdendo talentos para o mercado e passa a entender porquê tem deixado de atrair os melhores candidatos. É a oportunidade de rever políticas de RH, políticas de benefícios e conhecer boas-práticas mercadológicas que atraem profissionais e mantêm colaboradores satisfeitos.

COMO AVALIAR A SERIEDADE DA CONSULTORIA DE CARGOS E SALÁRIOS

Quando o PCCS é contratado por uma empresa que nunca implantou este projeto anteriormente e os profissionais não têm experiência ou maturidade no tema, é importante verificar qual a metodologia utilizada pela consultoria. Isto é, de que forma o prestador de serviço vai desenvolver um plano realmente aderente às expectativas e realidade organizacional. 

Por isso, abaixo estão listados os fatores que devem ser considerados na elaboração do PCCS e demais sistemas de remuneração, que podem ser verificados com a consultoria logo nos contatos iniciais:

  • Entendimento da Missão, Visão, Valores e Estratégia Organizacional;
  • Análise do cenário no qual a organização está inserida, quais investimento já realizados e previstos, tecnologia disponível;
  • A cultura organizacional e seus desdobramentos, tais como: relacionamento empresa x colaboradores, abertura de participação nas decisões por nível hierárquico, expectativa dos colaboradores etc.;
  • Proposta de um plano de comunicação antes e depois do projeto.

O know-how do profissional que conduz a implantação é fundamental para o sucesso do Plano de Cargos e Salários, tendo em vista que é um projeto bastante estratégico para a organização, envolve amplo entendimento das leis trabalhista (CLT) e demais questões que permeiam a relação empregador-empregado, assim como a percepção do cenário político econômico que o país vive. 

Este texto foi produzido pela Leme Consultoria, empresa especializada em Gestão do Desempenho. A Leme oferece soluções estratégias em Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Humano por meio de projetos de Consultoria, Tecnologia e Educação Corporativa, todos elaborados sob medida para cada cliente.

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!